Princípios essenciais para uma vida de sucesso

Escrito por Julia Murça

03 de agosto de 2020

Qual o segredo para o sucesso? Será mesmo que existe uma fórmula restrita apenas para um pequeno grupo de pessoas em todo o mundo?

Eu te asseguro que não.

Uma vida de sucesso é mais acessível e possível que você imagina.

Separei, nestas próximas linhas, alguns princípios que considero essenciais na vida de quem deseja ser bem sucedido em qualquer área. Venha comigo para entender!

Mas, afinal, o que significa ter sucesso?

O sucesso envolve muitas coisas maravilhosas. Não se trata apenas de dinheiro. Sucesso, pra mim, quer dizer prosperidade no sentido amplo, ou seja, saúde, harmonia nos relacionamentos, tranquilidade financeira e paz! Ser rico de verdade é diferente de somente ter dinheiro. A riqueza se manifesta em todas as áreas quando se tem uma vida próspera.

Sucesso significa vencer! Vencer a si mesmo primeiro, depois… vencer as batalhas da vida. Como empreendedora, avalio meu sucesso figurativamente como “mover montanhas”. Sempre que tenho um novo projeto, encaro isso como uma montanha e, quando termino, logo penso: “Qual a próxima?”.

De certa forma, tem correlação com a passagem bíblica que diz que a fé pode mover montanhas.

Acredite que você pode movê-las, ou seja, fazer os seus projetos acontecerem, e assim será. Acredite que não, e assim será.

Parece muito óbvio para dar certo, mas, em resumo, é assim: creia no sucesso e tenha êxito!

 

Observe, aprenda e aplique!

Uma coisa que aprendi na minha vida empreendedora é que precisamos observar mais quem tem sucesso. Dessa forma, economizamos tempo e tombos. Por isso é tão importante se cercar de pessoas que tenham sucesso no que quer que elas tenham escolhido para fazer.

Alguém pode ter sucesso, mesmo escolhendo uma ocupação operacional simples, se fizer o trabalho com paixão, com significado, sintonizado com a sua colaboração para o todo. Por exemplo, um pedreiro pode enxergar o seu trabalho na construção de uma catedral como restrito ao assentamento dos tijolos, enquanto outro pode vê-lo como uma grandiosa contribuição para uma obra magnífica, um templo de orações.

Por outro lado, uma pessoa pode ser muito rica e não ter sucesso, pois faz uma coisa que detesta, sente-se infeliz e em desarmonia com todos.

Vivemos em sociedade e, por isso, temos um laboratório maravilhoso onde podemos praticar a observação. Esse laboratório fica aberto 24 horas por dia, é gratuito e divertido. Comece hoje mesmo a prestar atenção ao seu redor, perceba quais são as características das pessoas que têm sucesso e das que não têm. O que elas dizem, como pensam e se comportam, como elas se parecem.

Na minha prática observatória, percebi que a maioria das que têm sucesso possui algumas características em comum:

  • São otimistas por natureza. Pensam positivamente em relação às coisas, sempre apontando a solução, e não o problema.
  • Têm postura corporal alinhada, com peito aberto e cabeça erguida.
  • São sorridentes e simpáticas na maior parte do tempo.
  • Acreditam nelas mesmas, nas pessoas e têm fé na vida!

Já as que estão sempre com dificuldade financeira ou metidas em confusão com a família ou amigos, ou com problemas de saúde, são aquelas que têm pensamentos derrotistas. Andam olhando para o chão, e não para o céu, com postura arqueada e cansada. Insistem em falar do problema, e não da solução, e sempre acham alguma desculpa para apresentar aos que insistem em trazer novos caminhos rumo à vitória.

A partir de agora, torne-se um observador.

Replique o que é bom e retire da sua vida os comportamentos nocivos.

O poder dos pensamentos

No livro “A mágica de pensar grande”, de David J. Schwartz, o autor ensina de forma muito divertida que, nessa fábrica de pensamentos, existem dois encarregados pelo serviço, o Sr. Triunfo e o Sr. Derrota. Ambos são muito prestativos e, ao menor sinal, estão prontos para atender.

Funciona mais ou menos assim, quando você pensa: “Que dia maravilhoso!”, o Sr. Triunfo logo se apresenta e reúne várias razões para que você esteja certo. Aprecia o clima, agradece a sua moradia, vê a beleza dos seus relacionamentos e mostra como a vida é maravilhosa por si só.

Porém, quando você acorda e diz: “Nossa, este dia vai ser difícil”, o Sr. Derrota se apressa a apresentar argumentos para que você esteja certo. Então, ele reclama que está quente ou frio demais. Ele se queixa das pessoas à sua volta. Consegue achar defeito nas pequenas coisas, como reclamar de só ter um par de sapatos em vez de agradecer por ter os pés.

Quanto mais atribuições são dadas ao Sr. Triunfo, mais ele cresce dentro da fábrica e deve convocar ajuda, criando um time forte que fará de tudo para triunfar. Se, por outro lado, você continuar dando poderes ao Sr. Derrota, mais presente ele se fará e logo mais cuidará para que todos os seus pensamentos sejam negativos e derrotistas.

Apesar de todos, teoricamente, verbalizarem que querem ter sucesso, muitos apenas o desejam, mas não acreditam de fato nele. Essa sutil diferença é o que define quem terá ou não sucesso. É preciso acreditar que é possível, de verdade! Nutrir-se diariamente com pensamentos positivos e declarações, com a fé inabalável de que não existem derrotas ou fracassos, mas apenas experiências temporárias de aprendizado.

Basicamente, quando você crê que pode realizar algo, aparece o “como realizar”. Duvide e fracassará. Sua mente é uma fábrica de pensamentos e você, como dono dessa fábrica, pode decidir quais quer produzir.

Sua melhor desculpa é sua maior inimiga.  

Em um estudo sobre as pessoas que triunfam e que as que caem, é notável a presença das “desculpas” nesse último tipo. O hábito de apresentar “desculpas” para não realizar algo pode se tornar uma doença incurável ao longo dos anos se não for tratado.

As desculpas mais comuns são:

“Não tenho mais saúde”

Essa desculpa é muito comum. Muitas e muitas pessoas dizem que não podem fazer algo porque têm algum tipo de doença ou porque simplesmente não se sentem bem. O mais impressionante é que, de tanto afirmarem isso, elas, de fato, não se sentem bem e muitas vezes geram a doença para estarem certas.

Já reparou como as pessoas se apropriam das doenças e lutam para serem mais doentes? Funciona assim, uma fala que tem uma tendinite que incomoda muito e, por isso, não pode caminhar. Daí, para de caminhar, começa a ganhar peso e desenvolve um problema no joelho. Agora ela tem um problema que supera o da tendinite, o que faz com precise tomar uma medicação cara e, por isso, não pode investir na sua alimentação, e por aí vai. Não seria melhor ela simplesmente se dedicar a resolver o problema da tendinite?

Se você tem o hábito de falar das suas mazelas de saúde, eu sugiro que pare imediatamente. O fato de afirmar repetidamente que você tem um problema só vai aumentá-lo. Em vez disso, pense positivamente que existe uma solução para essa dificuldade e que você vai encontrar a saúde perfeita. Tenha fé! Quantas vezes ouvimos falar de pessoas que obtiveram curas milagrosas de doenças consideradas incuráveis? Muitas! Acredite, neste mundo, cura-se tudo.

Leia mais sobre o poder da mente na cura do corpo.

 

“Não tenho mais idade”

Outra forma que observo de se desculpar para não fazer algo é usar a idade. Pessoas com 40, 50 ou até 60 anos que dizem com a boca cheia que já estão velhas demais para mudar.

Eu realmente acredito que podemos evoluir, transformar e fazer o que quisermos até o dia em que morreremos. Somos da idade que a nossa mente quer ser. Portanto, tenha uma mente jovem, ativa e positiva, e assim será o seu corpo. Veja alguns exemplos de pessoas com 80 anos que praticam esportes e, além de se cuidarem bem, zelam pela própria família e vivem felizes até o último dia neste planeta. Não deixe essa crença te parar!

Se você está com mais idade, use a sua experiência e sabedoria (que só vêm com o tempo). Se já enfrenta algumas dificuldade em razão da idade do corpo, use toda a sua energia para cuidar da sua saúde, da sua alimentação. Movimente-se! O que não usamos atrofia! Pense que tem saúde e energia, e faça isso acontecer na sua vida.

Lembre-se do seguinte: quando você crê, o “como fazer” aparece para você!

Leia mais sobre este assunto [AQUI]

 

“Não tenho capacidade intelectual”

Essa desculpa é comum, porém muitas vezes não revelada. Muita gente pensa que não é capaz porque não tem inteligência suficiente para fazer algo. Isso pode ser uma grande desculpa!

Henry Ford, um grande empreendedor, dizia que a capacidade de saber como obter a informação é mais importante do que usar o cérebro como um depósito de fatos.

Se você pensa que não é capaz, comece agora mesmo a encontrar sua capacidade de realização nos pequenos atos do cotidiano. Substitua o pensamento de que você não é capaz pelo pensamento de que você pode aprender o que quiser nesta vida, basta querer.

Outra coisa que pode ter feito você pensar assim, e deve ser eliminada, é ouvir constantemente, durante uma vida toda, que você não é capaz. A partir de agora, rejeite essa informação e, dentro do possível, afaste-se de pessoas que falam isso para você.

Saiba que você é uma massa de moléculas que vibra em alta velocidade. Sua mente é um dos sistemas elétricos mais complexos do universo. Você é um gerador de energia. Você é o único senhor ou senhora do seu destino, o capitão ou capitã da sua alma! Você pode fazer o que

Concluindo…

Não encare o sucesso como um destino distante, mas como um processo constante, que acontece no dia a dia, enquanto a vida acontece.

Celebre as pequenas e grandes conquistas.

Celebre o caminho!

Comentários